segunda-feira, 30 de maio de 2011

Sexo e os sentidos!

Os sentidos são nossos melhores aliados quando o assunto é sexo do bom! Pena que absortos na correria do dia a dia, pouco a pouco vamos esquecendo deles, praticamente embotando nossa capacidade de sentir. Olhamos e não vemos, ouvimos e mal distinguimos o som... Quem nunca bateu em algo e só se deu conta quando ao despir-se viu a marca roxa? Sentidos embotados.

Absolutamente tudo é possível entre quatro paredes, desde que seja da vontade de ambos. O mais importante nesse caso é criar sempre, inovar bastante, nunca deixar que esses momentos tão importantes caiam na rotina e sejam repetidos sempre dentro de um mesmo “roteiro”.

E não há nada melhor que ativar os sentidos, os seus e os de seu amor.

Explorar os cinco sentidos fará milagre no “reaquecimento” da relação. Pratique e depois me conte!

Para que a brincadeira seja boa, alguns acessórios devem ser usados. Aliás, acostume-se a tê-los sempre por perto. Nunca se sabe quando serão necessários, porque depois que nos habituamos ao sexo de qualidade, ficamos muito mais exigentes.

Observe esse pequeno roteiro, ele serve como guia e pode ser modificado ao seu gosto...


Visão:
roupas especiais para o momento (abuse das cores), flores, (brinquedinhos) que podem ser adquiridos em qualquer sexy shop como dadinhos, baralhos eróticos e outros “mimos”. Sem falar do olhar, olhos nos olhos, deixando transparecer todo desejo que está sentindo nomomento!

Audição:
musicas que agradem aos dois, compre um novo CD além é claro de todo o seu repertório preparado exclusivamente para esses momentos. Falar é um dos atos que mais erotizam o parceiro ou a parceira e é pena que ainda existam casais que não falam, principalmente em seus momentos de amor.

Tato: Ah! O tato, para esse sentido, temos a mão vários objetos que fazem a delicia dos amantes. Desde plumas e penas e um lenço de seda, até uma pedra de gelo, passando por cremes, óleos, caldas doces de frutas e chocolate, que podem ser passadas no corpo com toda a volúpia de uma massagem pra lá de íntima.

Paladar: Frutas e doces que podem estar ao alcance da mão e da boca, é claro. Sem esquecer que é com a boca que se executa o toque mais íntimo e sensual quando se deseja realmente enlouquecer o outro.

Olfato:
Incenso, perfumes, velas perfumadas (que agradam também a visão).

Brinca-se com os sentidos de várias formas. Com os olhos fechados, (você pode usar uma venda), acaricie todo o corpo do seu amor, tentando conhecer cada região apenas pelo toque. Ou usando a venda nele, peça que adivinhe pelo aroma alguns petiscos que tenha levado (frutas, doces, licores). Experimente massagear usando pêssegos ou uvas.

Quando se tem a disposição uma banheira, massagens deliciosas podem ser feitas usando espumas perfumadas.


Mas, se você tem apenas a sua disposição o box, não se preocupe, ainda assim dá para criar. Massagens feitas com esponjas embebidas em muito sabão irão cobrir o corpo com espuma e carinho. Nunca esquecendo que se pretendemos brincar no chuveiro ou na banheira.

O mais importante quando se trata de incrementar os momentos de amor é deixar de lado o tempo e os problemas, colocar-se disponível para viver com intensidade e sem nenhuma pressa, cada sensação, cada toque, cada brincadeira. Seja moleque (ou moleca). Se todos entendessem à importância da alegria nesse momento, seria muito mais prazeroso cada momento vivido. Alegria e desejo caminham juntos e vou além: Se completam!

Ao inovar em seu relacionamento, saiba que estará fazendo uma prevenção contra o desgaste. E se nesse momento já existe certo cansaço atrapalhando o amor, fique tranqüilo; sacudir a relação e criar novas perspectivas ajudarão a reacender a chama.


Essas técnicas não são apenas para a mulher usar com o seu parceiro, o homem também pode e deve acordar para a necessidade de levar novidades para o seu quarto. Chame sua parceira para uma visitinha a um sexy shop ou banque o bárbaro seqüestrando-a, levando-a refém para um quarto de motel, no meio da tarde. Sim, eu sei! Você é ocupado, como arranjar tempo?

O tempo roubado ao trabalho não é desperdiçado, encare-o como um investimento: Os dividendos irão valer à pena!

Regina Racco
http://www.pompoarte.com.br/

HOMOFOBIA É CRIME


Atualmente existe ainda uma grande dificuldade de aceitação aos homossexuais, pois existe preconceito com os homessexuais, existintado até msm uma parcela não muito grande de homofóbicos(homofobia: pavor, medo de homosexuais.Termo geralmente utilizado inadequadamente).
Grande parte da população homofóbica não sabem como são essas pessoas e não as dão uma chance para se mostrar.Assim as tratam como um bicho. Da mesma forma os preconceituosos, que não se importa com os sentinmentos dos homossexuais.
Atigamente os homossexuais não eram aceitos na sociedade por sua orientação sexual, agora com a lei que fez da descriminação da orientação sexual de outra pessoa virar crime.
Com relação a lei, a população esta bem dividida, metade afirma q será ruim, pois as pessoa ficarão com medo de se relacionarem com homessexuais e fazer um comentario no qual correrá risco de ser processado. A outra metade concorda com e lei, e dizem que todos tem direito a respeito e todos por menos que gostem tem que respeitar toda a sociedade.
Por isso é recomendado, que você saiba sobre o assunto, conheça, de chances as pessoas antes de julgar qualquer pessoa por qualquer motivo do qual você nem conhece.



quarta-feira, 25 de maio de 2011

MADE IN BRAZIL

Confira fotos do ensaio  sensual do ator Jonatas Faro, para a revista de moda masculina Made in Brazil #3. Em uma das fotos mais sensuais do ensaio, Faro aparece cobrindo as partes íntimas apenas com o chapéu!



terça-feira, 24 de maio de 2011

REVELAÇÃO ... A MISSÃO DE EXCITAR SUA MULHER

Você tá com tempo para ler este manual de como excitar (em detalhes) sua mulher? Caso não, nem comece a ler...




O mais importante, em se tratando de sexo, em relação à mulher é prepará-la. É muito difícil encontrar uma mulher que, de cara, você possa jogar na cama e em 10 minutos já estar transando com ela e ela estar gostando disso tanto quanto você, principalmente, se essa for a primeira vez que vão para cama.

Você terá primeiro que provocá-la, excitá-la. E isso começa no rala e rola quando vocês ainda estão vestidos. Abrace-a, puxe-a para bem perto de você, cole seu corpo no dela, suba as mãos pelas sua costas até a nuca, beije seu pescoço (sem deixar marcas), beije sua orelha suavemente deixando-a ouvir sua respiração (respire normalmente, nada artificial) mas beije só o lóbulo e somente com os lábios, muitas mulheres, por incrível que pareça, não gostam disso, principalmente se enfiarem a língua dentro da orelha dela. Mas se ela gostar, ...

Comece a explorar seu corpo vagarosamente mas com firmeza (isso não significa força e sim com vontade). Comece a provocá-la, desça a mão por suas costas e toque suas nádegas e pernas, suba e passe por entre seus seios beijando-a ou simplesmente olhando para ela, passe a mão por entre suas coxas, enfim vá passeando por todo corpo durante algum tempo procurando não só provocá-la, mas também sentir e conhecer seu corpo, suas curvas, a textura da sua pele, tudo sem tocar nas zonas erógenas, ... ainda. Isso é como um jogo, não se deve baixar as melhores cartas logo.

Conforme ela for cedendo, vá contornando e contornando seus seios até chegar nos mamilos, se ela ainda estiver com roupa, vire a mão e passe suavemente as costas dos dedos entreabertos ou as unhas, mas tem que ser com os quatro dedos para dar aquela trepidação, que é deliciosa, prenda o mamilo entre seus dedos e aperte suavemente. Só passe a unha (coçando) se ela estiver de sutiã ou blusa, se não nem pensar.
Brinque assim por algum tempo, sempre com carinho e sem pressa, a menos que ela também esteja em ponto de bala, o que, volto a dizer, acontece raramente. (Detalhe: isso não quer dizer que a mulher nunca tem urgência, mas pense bem, se você já pegou uma mulher em ponto de bala, antes mesmo de tirarem a roupa, é porque há muito já vinha criando uma tensão mesmo que não intencional, ou seja, de um modo ou de outro, excitando-a e provocando-a, e isso às vezes surte efeito em nós assim como em vocês).

Continuando, se a posição em que você estiver permitir, toque os dois seios ao mesmo tempo, não tem problema se não der, não precisa fazer contorcionismo ou equlibrismo, então desça do seios "ground" por sua barriga e quadril e passe a mão na parte interna da coxa, sempre suavemente. Se ainda não estiverem deitados essa é uma boa hora, pois se ela estiver nervosa suas pernas vão começar a tremer (Aí, garanhão!).
Comece a fazer movimentos circulares e vá se aproximando vagarosa e perigosamente da virilha, esse suspense mata. Quando ela já estiver bem ansiosa, beije-a com carinho e meta a mão por entre suas pernas fazendo uma leve pressão (se ela ainda estiver de roupa).

Continue, beijando-a, beijando seu corpo, deixe-a fazer o que quiser, se ainda estiverem vestidos comece a tirar a roupa dela e se ela não tirar a sua tire você mesmo, pois é um pouco desagradável ficar só ela nua e você todo vestido. Vá sempre devagar, beijando-a, ... não pare tudo e tire toda sua roupa, que além de interromper algo que estava muito bom, se ela for tímida, vai ficar constrangida.
 A maioria das mulheres são tímidas, no que diz respeito a seus corpos. Mesmo que você tenha a mulher a mais maravilhosa do mundo na cama com você, ela irá se preocupar com o que você acha do corpo dela. Diga-lhe que é bonito, diga-lhe que partes você gosta mais (de verdade), mesmo enquanto ainda estiverem tirando as roupas.

Quando for acariciando sua coxa, faça o jogo de aproximação perigosa, não deslize a mão diretamente para entre suas pernas, vá devagar, indo e voltando um pouquinho, chegando cada vez mais perto, voltando, chegando mais perto ainda, voltando, em movimentos circulares, até chegar lá.
Chegando lá - o lá, é lá mesmo, o primeiro lugar que irá tocar é a entrada da vagina, por um simples motivo, você tem que verificar se ela está molhada, você não pode tocá-la se estiver seca.
A maioria das mulheres quando excitadas, produzem um suco que serve para lubrificar a área genital por outro simples motivo, para não haver atrito, pois é desagradável. Essa região é muito sensível ao toque e para que ele ocorra sem atritos, a vagina libera um líquido que lubrifica a região, tornando o toque escorregadio.
OBS.: Mas se ela não estiver molhada, não significa que ela não está excitada. Algumas mulheres produzem pouco suco, você pode então lamber os dedos e usar sua saliva para tornar o toque escorregadio, ou usar produtos como lubrificante à base de água. Quanto a saber se ela está excitada ou não, há outros indícios como mamilos endurecidos, respiração rápida/ofegante, vermelhidão no rosto, torso .. mas se quiser ter certeza, basta olhar nos olhos dela e ter um mínimo de sensibilidade, nenhuma mulher consegue fingir se encarada de frente.
Continuando, é muito importante que seus dedos estejam lubrificados ao tocar a área, E por essa mesma razão, sempre que você tocar uma mulher deve começar a fazê-lo suavemente e esteja certo, por todos os meios, de que seus dedos estarão umedecidos antes de você tocar em seu clitóris, porque dele não sai líquido algum e é extremamente sensível, mais que a cabeça de seu pênis.

Toque-a carinhosa, suave e vagarosamente, não faça movimentos rápidos a menos que ela lhe peça por palavras ou te conduzindo. Seu objetivo é chegar ao sexo oral e você já está quase lá.
 
Não há nada que faça uma mulher mais única e original do que sua genitália. Você nunca irá encontrar uma igual a outra. Vêm em todos os tamanhos, cores e formas diferentes; algumas são dobradas para dentro  e outras têm lascivos lábios grossos.
  As mulheres são bem mais verbais e auditivas (gostam de falar e ouvir) do que os homens, especialmente durante o sexo. Respondem também mais ao amor verbal que os homens, o que significa que quanto mais você falar com ela, mais fácil será conquistá-la. Assim, enquanto a estiver tocando fale com ela, converse com ela sobre o que lhe agrada mais, afinal de contas você estará testando para saber do que ela gosta.

  O clitóris, o ponto sexual mais sensível do corpo de uma mulher.
As mulheres têm clitóris de todos os tamanhos diferentes, possíveis e imagináveis, assim como vocês têm pênis de tamanhos e formas diferentes. Mas isso não significa nada em relação à capacidade de ter orgasmos. Tudo que significa, é que dela é mais escondido debaixo da pele. E isso não é sem razão, o clitóris tem o mesmo número de terminações nervosas da cabeça do pênis, tudo concentrado nesse ponto que às vezes tem o tamanho de uma pérola, se não houvesse uma pele por cima protegendo-o o toque teria de ser extremamente cuidadoso ou causaria dor.

Prepare-se então para começar a mais memorável carícia que uma mulher pode receber, o sexo oral. A melhor posição é ela deitada de costas (barriga para cima) e você entre as pernas dela. Dessa forma você tem visão total do corpo dela, do rosto, e fica com as mãos e braços livres para acariciar suas coxas, nádegas, barriga e seios, e até mesmo para dar a mão para ela se ela ficar muito nervosa.
Existem quatro coisas que você não pode esquecer:
1 - Mantenha sua língua sempre umedecida para ela deslizar e não entrar em atrito.
2- Mantenha sua língua mais relaxada, maleável, não a endureça, ela terá que se moldar às formas da sua mulher. Se quiser fazer ponta (na língua) estique-a (colocando para fora) não a endureça.
3- Cuidado com os dentes
4- Cuidado com a barba. Se estiver aquela barba por fazer então, faça, pois imagine essa lixa na cabeça do seu pênis, pois é, as mulheres são mais sensíveis ainda.
Mas, você ainda não vai tocar em seu clitóris, ... ainda. Você tem que trabalhar até chegar a ele. Faça a mesma aproximação lenta e torturante que fez com as mãos .
Mulheres, mais do que homens, AMAM essa tortura do quase toque. Ameaçar tocar e voltar afastando um pouquinho. Faça-a passar momentos de suspense em dois pontos, primeiro passeando perigosamente pela coxa, antes de chegar na área genital (fase pela qual já passamos com as mão e refaremos com a boca) e o segundo ponto, já dentro da área genital, passeando perigosamente pela vulva, antes de chegar ao clitóris.
No primeiro, beije sua virilha, sua coxa interna, sua barriga, seu umbigo, vá rondando e se aproximando perigosamente da vulva e volte um pouquinho, ... até finalmente tocar a área genital.

Novamente o lance da aproximação perigosa, e do quase toque. Isso é muito importante pois nos faz antecipar o que será quando você chegar lá, gerando uma certa urgência do toque, que finalmente deixa a mulher em ponto de bala. Quando eu digo se aproxime e volte não é para voltar para longe da área pois ao invés de criar suspense, gerará frustração. Exemplo: Comece a beijar sua coxa, passe pela virilha e quase toque os grandes lábios, aí volte, ... mas não para a coxa (muito longe) e sim para a virilha. Entendeu?
Ao chegar na área genital, passe a língua longa e lentamente por toda sua extensão começando pela base da vagina, mas por cima, sem enfiar a língua por dentro, e inicie o segundo momento de suspense. Vá então, lambendo toda área, beije, faça-o círculos com a língua, oitos com a ponta de sua língua sempre com suavidade.
Meta a cara entre suas pernas e vá lambendo sem fazer pressão forte para deixá-la louca de vontade de sentir sua língua direto lá. Faça-a antecipá-lo. Faça saber que ao final daquele movimento você vai chegar lá, pois até agora você ainda está só por cima da vulva.
Depois que você a colocar num ponto em que vai estar se mexendo e se esticando para ter sua língua um pouco mais perto de onde ela quer (dentro dos grandes lábios) satisfaça esse primeiro desejo, coloque a boca, ou melhor, os lábios bem no topo da fenda, na parte de cima da área genital, e meta a língua por entre essa fenda abrindo-a delicadamente. Beije-a, delicadamente.
A parte interna dos lábios é bem macia, você vai gostar. Procure não tocar o clitóris ainda, chegue perigosamente perto dele, e aí flutue afastando. Fique passando a língua, sempre umedecida, pela fenda entre os grandes e os pequenos lábios, mas sem tocar o clitóris diretamente. Se ela ainda estiver com as pernas semi abertas, dobre-as e abra-as delicadamente com suas mãos, sem parar. Tudo que você faz com uma mulher que você está a ponto de comer deve ser feito delicadamente.

Então, comece a lamber a entrada da vagina, penetre um pouquinho a vagina com sua língua, mesmo que ela seja virgem sua língua pode passear pela entrada. Isto é divino e vai deixá-la louca porque agora ela vai querer desesperadamente que você dê alguma atenção a seu clitóris.
Só para fazê-la quase implorar, passe a ponta de sua língua pelos lados do clitóris (se não puder localizá-lo, trace um faixa imaginária de 1 cm bem no meio e passeie pela sua beirada, assim não atingirá o clitóris, só a área lateral). 
Preste atenção. Assim como seu pênis, toda a área genital aumenta de volume, e assim como o pênis, o clitóris fica rígido e salta um pouco para fora junto com a pele que o cobre. Se conseguir visualizá-lo, passe a língua para senti-lo. Mas, mesmo se você não puder vê-lo, ele estará lá esperando por você, você irá senti-lo debaixo da pele ao lamber. Ele será o ponto intumescido, endurecido, logo acima de onde o pequeno lábio direito se encontra com o pequeno lábio esquerdo. Mas se mesmo assim você não puder sentir essa pérola minúscula, você pode lamber a pele que fica nesse lugar, que o estará atingindo.

Comece então a beijar diretamente o clitóris, o primeiro toque deve ser suave e delicado quase não o tocando (cuidado com os dentes), depois comece a lambê-lo lentamente e ao localizá-lo efetivamente, dedique-se a ele, vá lambendo-o devagar usando a cada vez um pouco mais de força e pressão.

 Comece então a dar mais rapidez e pressão ao seus movimentos, mas observe-a, muitas mulheres só gostam do movimento rápido quando estão prestes a gozar, e ainda há as que preferem sempre devagar ou sempre rápido.
A grande excitação que sente, deve fazer com que com que ela instintivamente feche as pernas. Segure-as, pois a um certo ponto, ela vai começar a se mexer anunciado a aproximação de seu orgasmo - a maioria das mulheres jogam o quadril para frente e para cima quando estão gozando - quando você sentir que ela está prestes a gozar, faça um O com seus lábios e coloque o clitóris em sua boca (cuidado com os dentes) e comece a chupar levemente passando a língua.
Comece sugar delicadamente e prestar atenção ao rosto dela para ver sua reação. Se ela puder agüentar, vá vagarosamente aumentando a pressão chupando mais forte e movimentando mais rápido a língua. Se a ela tentar fugir sugue mais forte ainda, obviamente guardadas as devidas proporções, não vire um desentupidor de pia.

Ao ter um orgasmo, a vagina da mulher se contrai involuntariamente, numa reação a ele, assim como você ejacula. Outra reação ao orgasmo é o aumento do líquido que lubrifica a vagina, mas às vezes esse aumento não é substancial.
Quando ela estiver gozando, vá com ela. Se ela levantar o quadril no ar com a tensão de seu orgasmo (95% das mulheres fazem isso), mova-se com ela, não a impeça de se movimentar, acompanhe o movimento. Mantenha sua boca quente em seu clitóris. Não a deixe ir.
Se ela começar a gemer e gritar: ' Não pare! ' Há uma razão para isso, é que a maioria dos homens para logo depois que a mulher tem o primeiro orgasmo e algumas mulheres podem ter 2, 3, 4, ... orgasmos, seguidos ou com alguns segundos ou minutos de intervalo.

Depois disso meu amigo, ela está em suas mãos. Muitas mulheres tem apenas 1, mas forte, orgasmo. Se esse for o caso da sua, deixe-a descansar por alguns minutos e então recomece a tocá-la. Mas, eu acredito que toda mulher é capaz de ter vários orgasmos e que, em um deles, você pode ter a satisfação de a estar penetrando e sentir suas contrações vaginais por toda extensão de seu pênis

Há uma outra coisa que você pode fazer para intensificar o prazer dela, mas sempre verificando se isso a agrada. Você pode penetrar sua vagina com o dedo, antes, durante ou em seguida ao orgasmo. Recomendo em seguida ao primeiro que é algo para provocar o segundo. Pois, além das zonas erógenas que cercam seu clitóris, a mulher tem uma outra área extremamente sensível no teto ao meio de seu canal vaginal (ela deitada de barriga para cima). Este é o ponto que você fricciona quando está transando. Também conhecido como Ponto G.

Quantos dedos? Comece com 1. Mas ficar só 1 é muito estreito, e três já fica largo e não pode consequentemente penetrar o bastante. Portanto siga a lei do 1 é pouco, 2 é bom e 3 é demais, e fique com dois dedos.
Certifique-se que estão molhados. Deslize-os para dentro, lentamente no início, massageando o "teto" da vagina em micro círculos até penetrar todo o(s) dedo(s) e então vá e volte assim, em pequenos movimentos circulares, ficando um pouco mais rápido depois. Sempre com movimentos rítmicos, não esqueça que você ainda está fazendo o oral. Aumente a velocidade somente quando ela pedir o que poderá ser por palavras, ou gemidos. Escute sua respiração. Ela o dirá o que fazer.

Se você estiver sugando seu clitóris e penetrando com os dedos ao mesmo tempo, você está dando-lhe muito mais estimulação do que estaria dando com seu pênis sozinho. Imagine se ainda der para tocar seus seios (Ai, ai ...). Você pode ter certeza de que ela estará nas nuvens. Se houver alguma dúvida, verifique os sintomas. Cada mulher é única. Você pode ter uma cujos mamilos ficam duros quando está excitada ou somente quando está tendo um orgasmo. Sua mulher pode ficar vermelha, rosada ou começar a tremer. Conheça os sintomas pessoais da sua mulher, e você será um amante mais sensível e experiente.

Quando ela começar a ter um outro orgasmo, pelo amor de Deus não se afaste desse clitóris. Mantenha-se lá firme e forte enquanto durar, seja lá quantos forem. Quando começar a vir o orgasmo, pressione sua língua na parte de baixo do clitóris, deixando seus lábios cobrirem o alto (cuidado com os dentes de novo). Mova sua língua dentro e fora de sua boca até onde alcançar, sem deixar de tocar o clitóris.
Se seus dedos estiverem dentro, mova-os também, mas delicadamente, as coisas estão extremamente sensíveis agora. Se você jogar as cartas certas, você conseguirá alguns orgasmos múltiplos. Mulheres podem permanecer excitadas por mais uma hora depois de terem um orgasmo.
E aí é festa, depois que ela gozar 1 ou + vezes, então será sua vez, ela está entregue, faça o que quiser. Só uma coisinha, o objetivo aqui é o sexo oral, principalmente fazê-la gozar muito e de quebra se apaixonar por você. Alguma mulheres ficam exaustas principalmente se tiverem uma série de orgasmos seguidos, por isso se você não esteve dentro em algum deles, você terá que esperar uma próxima sessão, que pode ser extra (Uau!). Mas, se ficar para outro dia, não fique triste que isso conta pontos e na próxima você já saberá quando participar.

O último conselho que eu tenho para você é: Depois que você a fez gozar até não agüentar, coloque-a em seus braços e lhe dê a melhor acolhida possível, não a deixe sozinha neste momento. Converse com ela, afague seus cabelos, abrace seu corpo, faça carícias suaves em seus seios. Mantenha-a aninhada em seus braços e corpo, calmamente, até ela relaxar por completo.
Um homem, ao terminar, pode simplesmente ir dormir na mesma hora sem sentir nenhum remorso e nenhum sentido de perda. Mas uma mulher por natureza, requer alguma sensibilidade de seu amante naqueles primeiros poucos minutos após o sexo.
O sexo oral pode ser a experiência mais emocionante e excitante que você pode proporcionar. Será o que você quiser que seja. Tome seu tempo, pratique freqüentemente, preste atenção aos sinais de sua amante, e sobretudo, aprecie.


CARÍCIAS
Não faça tudo no mesmo dia toque-a cada dia de um jeito, assim você pode variar e também ver o que ela gosta mais.
· Mulheres adoram mãos bobas, mas entre quatro paredes, nada de show
· Abrace-a por trás ou sente-a no seu colo, e terá muito por onde passear com as mãos, principalmente se ela sentar de costas para você
· Prenda ela na parede com seu corpo e meta sua perna por entre as pernas dela e a pressione contra parede (da casa, nada de show), além do frenesi que dá ficar "presa" é muito bom sentir um corpo colado no seu sem o peso, não que o peso seja ruim, é porque assim a gente pode se movimentar mais.
· Muitas mulheres adoram que dêem alguma atenção ao seu ânus, toque-o, passe a língua, introduza o dedo, ... mas preste bem atenção na reação dela, pois muitas se retraem totalmente, achando que você quer fazer sexo anal


Cuidados a serem tomados
Nada de mais, coisas que deveriam ser feitas todos os dias.
1- Limpeza: Tome um banho (e lave o cabelo também) antes de sair com ela, sexo faz a gente suar muito e suor potencializa odores, e assim como seu cheiro natural é um grande afrodisíaco, seu mal cheiro natural é um grande broxante.

2- Limpe seu pênis, não há nada pior que aquela sujeirinha , basta lavá-lo normalmente e ao final verificar se não ficou nada.

3- Limpe também suas unhas, é meio assustador ser penetrada por dedos cujas unhas estão pretas, e se estiverem compridas corte-as e lixe-as

4- Lave o nariz (sem melecas haha!), e limpe o ouvido

5- Não se esqueça de colocar desodorante, e talco para chulé

6- Faça a barba (se estiver por fazer) para não arranhá-la

7- Vista uma roupa limpa, principalmente a cueca, sem furos, nada de zorba, use samba-canção ou aquela tipo sungão ou shortinho.

8- Não se esqueça de quando for tirar a roupa tirar também o relógio e DESLIGAR O CELULAR

9- Pelo amor de Deus, se for dizer a ela para gozar, não diga "Goza pra mim ver" você não é índio, e isso é motivo de piada entre mulheres (conversa de banheiro feminino) diga simplesmente "Goza" ou se preferir "Goza para EU ver". 

É isso, no mais, siga o ditado "É conversando que a gente se entende", converse com ela, procure saber o que ela gosta, desgosta, tem medo, gostaria de tentar, você pode ter boas surpresas.

BOA TRANSA!

segunda-feira, 23 de maio de 2011

Deixe ELE correr atrás!

Minha  linda,
Se você levou um fora daquele cara que você tava super a fim e está se sentindo arrasada e quer porque quer que este bofe venha atrás de você,tenho algumas sugestões que podem ajudar...
 
 

1-A melhor forma de um homem notar sua presença é o desprezo(se você ficou no pé,se mostrou,fez tudo e nada...)despreze-o,passe por ele como se ele fosse um banco de praça sujo,não mande e-mail,não telefone,não comente nem com sua melhor amiga dele,diga que coisas passadas ficam no passado.

Homem não suporta isto,o mais estranho é que eles passam a ter interesse mas..
 
2- se ele ligar por favor não diga sim de cara né?vai colocar tudo a perder.Diga que está sobrecarregada de trabalho e que estes dias está ocupada demais,não prolongue a conversa,seja fria e diga que precisa desligar,agradeça com educação a ligação.

Ele além de achar estranho vai achar que você deixou de gostar dele e aí sim passará a se preocupar com o fato pois homem não sabe perder,é nestas horas que ele fantasia coisas que ninguém merece...

3-Não seja sempre disponível-quem ajuda demais se torna AMIGA,você quer isto?

4-Se você acordou com o cabelo armado,não fez escova,não dá mais tempo e tem que vê-lo prenda imediatamente ,passe um gel ou óleo,passe um batom,e sempre tenha uma lixa de unha na bolsa,se os olhos estiverem com olheiras enormes use óculos escuros ou passe creme para olheiras,mas andar descuidada é ponto para ele querer distância.

5-Se o desprezo não der certo,saiba que tem milhões de homens no planeta e não era você que não servia para ele e sim o contrário.

6-Valorize-se!Para esquecer também é fácil:foque nos defeitos dele.Se ele for narigudo veja apenas o nariz,se for careca,se for gordo...e por aí vai,garanto que em uma semana você estará se perguntando:eu era apaixonado por este OVNI?

Porque alguns homens fogem?!

Você saiu com aquele cara e foi tudo perfeito. A conversa fluiu, vocês se deram bem, mas no dia seguinte, ele não liga.






Dois dias depois, nada dele. Após três dias, você manda uma mensagem e ele não te retorna. “O que eu fiz de errado? é a primeira pergunta que te vem à cabeça. Para esclarecer, alguns homens explicam o que faz eles “sumirem” depois de um primeiro encontro. “Não precisa fugir. É só não ligar mais, não marcar outra saída, essas coisas. Não existe mágica. Se você não quer mais, é só não ir atrás. E se ela vier, é só dizer que já tem alguma coisa para fazer no dia”, afirma Caio de Carvalho.
 
Diferenças de comportamento e personalidade fazem os homens desistirem de sair de novo com uma mulher. “Por exemplo, você não gosta de rave e sai com uma mulher que fica a noite inteira falando disso. Aí, ou você leva para o lado físico simplesmente, isso se ela for bonita mesmo, ou desencana”, explica Caio.
Mas a falta de uma ligação no dia seguinte não significa necessariamente que ele nunca mais vai querer sair com você. É o que garante Caio de Carvalho.
“Se eu não quiser, não ligo, mas se ela ligar não deixo de atender. Até porque você pode não querer de novo hoje, mas pode querer dali a um mês”, confessa.

O universitário Leandro Medeiros* é simples na hora de explicar. “Se a menina não é minimamente uma companhia agradável, não tem motivo para querer vê-la de novo”, diz. E o que seria uma companhia desagradável? “Chata, alguém sem assunto”, explica. Se ele não quer mais ver a garota, some aos poucos. O jovem responde a primeira mensagem, mas ignora a segunda e foge dos programas que ela chama. “Nessas horas, a gente dá uma de ‘joão sem braço’, né?”, declara.

O músico Mário Dias* também não enrola para “fugir” de alguém. “Uso palavras simples. Se ela for chata, feia e boba, eu fujo”, se diverte. O músico, que namora há mais de um ano e garante que não foge mais de ninguém, fazia como os colegas para despistar as meninas. “Eu parava de atender o telefone, fingia estar ocupado, essas coisas”, diz.

Não seria mais simples falar que não quer mais ver a mulher? “Lógico que não. Desta forma, ela saca a idéia aos poucos, sem se machucar de vez. Ninguém quer magoar assim outra pessoa, por menos que goste dela. Pra que falar na lata?”, questiona o advogado Bruno Lima*, que usa a mesma tática dos outros homens para “fugir” da mulherada.

*Nomes fictícios

sexta-feira, 20 de maio de 2011

Sexo casual

A jornalista americana Monica Shores, do portal Alternet, um dos que melhor fala sobre sexualidade na web, listou seis boas razões para praticarmos "one night stands". Contrariando a máxima de que toda mulher sai machucada de transas fugazes que não precedem telefonemas românticos, ela enumera motivos para casadas e fiéis morrerem de inveja de quem está na pista. Confira: 



1) Faz com que você se sinta mais poderosa
Um estudo feito pela terapeuta sexual Heather Corina com 4990 mulheres solteiras e casadas mostrou que aquelas que praticavam o sexo casual (81% do total) o faziam para descobrir mais sobre sua própria sexualidade. Dessas, 80% afirmaram que o sentimento de liberadade durante a transa com um desconhecido é tão grande a pontro de diminuir as inseguranças. O que nos leva ao próximo ponto:

2) Ajuda a superar a timidez
Por mais acostumadas que estejamos a namorar nossos namorados, não podemos negar que o desejo de satisfazê-los na cama (tanto em termos de qualidade quanto de frequência) acaba virando um probelma. Transar sem envolvimento é tão libertador que faz com que nos preocupemos muito mais com o nosso prazer do que com o que estamos (ou não) proporcionando

3) Ensina aprimorar a sexualidade
Numa relação monogâmica estável, com o passar dos anos, coração e libido tendem a andar separados. Um estudo recente publicado no The New York Times mostra que 15% dos casamentos americanos podem ser considerado sexless (assexuados), uma vez que os casais ficaram sem transar de 6 meses a um ano. Já quem faz sexo casual, , está sempre se desenvolvendo e atualizando.

4) Ensina mais sobre nós mesmas
Quanto mais nos envolvemos sexualmente com pessoas com quem temos pouco (ou nenhum) envolvimento sexual, mas confrontamos nosso dia-a-dia. Questionamos valores que antes dávamos como certos, paramos para nos rever e repensar. O que, diante do desgaste de relações duradouras raramente acontece. As chamadas "bad long-term relationships" são cheias de falhas de comunicação, desencontro de expectativa e ruídos que fazem com que a gente se concentre muito mais no erro do parceiro do nos nossos.

5) Transforma obrigação em prazer
Estudos mostram que em relações estáveis o sexo se torna uma obrigação para 90% das mulheres e uma forma de barganhar algo com o marido em 86%. Certamente essa não é a utopia sexual com que sonhamos. Nas one night stands, tesão, romance, torpor, desejo de conquista e uma série de coisas muito mais agradáveis vêm antes da obrigação...

6) É um bom exercício de comparação
Segundo a escritora Laura Sessions "a maioria das pessoas que já teve alguma relação sexual duradoura, tende a se acharexpert", o que cai por terra quando a rotividade começa. Somos conhecedores da nossa sexualidade, mas podemos aprender muito mais com a dos outros. Isso sem falar na queda do mito “one size fits all”. Assim como os homens têm tamanhos variados, nós também temos, e a chance de o encaixe perfeito existir é muito maior se experimentarmos mais.

quinta-feira, 19 de maio de 2011

Ejaculação precoce?

Confira 10 maneiras infalíveis de prolongar o sexo

Mas já?

 

 Nada de chegar ao orgasmo logo! A regra aqui é fazer com que a transa dure mais. Por isso, preste atenção nessas 10 dicas que vão te ajudar a retardar o ponto alto do sexo, para você curtir mais a transa e, claro, levar sua parceira à loucura.

1. Treine com masturbação
O sexo solitário pode ser usado até como tratamento para a ejaculação precoce, sabia? Por isso, você pode treinar e aprender a controlar a ejaculação.


2. Apertão, mas sem exageros

Quando perceber que vai gozar, tente segurar e apertar um pouco o pênis – abaixo da glande. Mas cuidado para não se machucar.

3. Masturbe-se antes

Se você não tem dificuldade para ter a segunda ereção, pode se masturbar e ejacular um pouco antes da transa. Certamente, a próxima ejaculação demorará mais.

4. Camisinha retardante

Hoje, há no mercado uma série de preservativos que são lubrificados com uma substância que retarda a ejaculação. Procure na farmácia, pois é bem fácil de encontrar.

5. Invista nela

Comece pelas carícias na mulher. Elas demoram mais para atingir o orgasmo, portanto, se o estímulo for em ambos desde o começo, você vai gozar antes do que ela.

6. Dê uma pausa

Depois da penetração, nada te impede de parar um pouco e voltar às carícias. Assim, você consegue manter mais tempo a ereção.

7. Duas camisinhas
Para diminuir a sensibilidade do pênis – que é a região onde o homem sente mais prazer – tente colocar dois preservativos, um por cima do outro. Mas lembre-se: isso aumenta muito as chances das camisinhas estourarem.


8. Sexo tântrico

O sexo tântrico defende que a transa deve durar horas. E a técnica primordial é ter calma. Procure posições de tantrismo e outros truques dessa prática para retardar o orgasmo.

9. Desconcentre-se

Tente pensar em outras coisas na hora da transa. Não precisa ser na sua avó, para não derrubar sua ereção. Mas se você desviar a atenção, consegue segurar mais o gozo.

10. Pratique

Quanto mais você transa, mais domina o seu corpo. E quando você consegue segurar por 30 minutos, fica mais fácil manter mais tempo ainda, pois o furor inicial já passou. E lembre-se: use sempre preservativos.

quarta-feira, 18 de maio de 2011

SIM , TAMANHO É DOCUMENTO !


Você já deve ter se cansado de ouvir a declaração de que “tamanho não é documento”. É uma daquelas frases auto-iludidas, como “é dos carecas que elas gostam mais”. Desculpe, mas a maioria de nós não gosta de carecas. (Falta de cabelo pode indicar baixo nível de testosterona, que é um hormônio que não pode faltar num homem.) Da mesma forma, é preciso encarar que tamanho é documento, sim, senhor.
É claro que estamos falando do nosso amigo pênis. Sem essa de dizer que o que conta para as mulheres são as preliminares. Ou que o prazer feminino depende do envolvimento com o dono do pênis em questão. Claro que tudo isso é importante. Mas a gente, tanto quanto os homens, também gosta de carne. Carne bonita. Muita carne. Se homem gosta de bumbum grande e seios fartos, por que a gente não pode gostar de volumes generosos também?

Que me desculpem os maldotados, mas o nosso prazer depende, sim, do tamanho do pênis. Estou falando do prazer no intercurso. Mas também do prazer visual, tátil. Se o rapaz tiver o melhor beijo do mundo e um pênis minúsculo, boa parte do esforço – o dele e o nosso – vai por água abaixo. Não há como negar. (Confesso que não consultei especialistas para chegar a essa conclusão: consultei garotas. Mas você quer alguém melhor para perguntar?)

O mito de que tamanho não é documento vem provavelmente de uma velha idéia machista de que mulher não gosta de ter prazer pelo prazer. Ou seja: o prazer físico seria privilégio dos homens, que são encorajados a fazer isso desde o momento em que deixam de engatinhar. Às mulheres caberia um interesse meramente emocional, quase platônico, em relação ao sexo. Saiba que não é assim. Mulher tem tesão, gosta de corpo, de curvas e precisa de prazer tanto quanto um latagão qualquer. Chega dessa história de que, para o rapaz, quanto mais mulheres arrecadar, melhor. Enquanto para a menina, vale o contrário: quanto menos viver, quanto menos curtir, melhor. Toda a diversão para eles e só culpa e vergonha para a gente? Chega.
Dizer que o tamanho do pênis não importa é deixar de reconhecer que também existem mulheres que procuram sexo sem envolvimento. Algo que não tem nada a ver com amor, casamento ou relacionamento emocional. A gente também gosta dessas coisas, claro. Assim como é evidente que ninguém se apaixona por um pênis sozinho, existem milhares de outros fatores que podem eventualmente tornar o tamanho do pênis um quesito secundário. Mas nada disso garante a alguém imaginar que, para as mulheres, o tamanho do pênis é apenas um pequeno detalhe. Não é.

É triste viver numa sociedade que pune, ainda que veladamente, as mulheres que transam numa boa e que falam a verdade sobre o assunto como, por exemplo, que o tamanho é importante, sim, senhor.

domingo, 15 de maio de 2011

Idéias pra lá de sexy

Sabia que a mente é um poderoso órgão sexual? Pensar em sexo é ótimo para aumentar o tesão! Colocar tudo em prática é ainda melhor...



LEIA CONTOS ERÓTICOS
As histórias picantes vão estimular sua imaginação. Ficou curiosa? Dá uma olhada na seção de contos eróticos aqui do blog!



VISITE UMA SEX SHOP
Se você anda desanimada e sem disposição para uma noite ardente, esse programa será um ótimo estimulante! Se você é tímida, nada de desculpas... Pois somos bastantes sigilosos! (BREVE A DATA DA INAUGURAÇÃO DO MEU SEX SHOP).


SEDUZA NO SUPERMERCADO
Vai às compras? Então capriche na produção. Use um vestido sedutor o suficiente para chamar a atenção dos homens, mas não revelador demais. O importante é atrair olhares, para sentir-se admirada. À noite você estará toda poderosa!

APELE PARA AS VELAS
Capriche no seu ninho de amor. Adote velas de cores quentes, como laranja, vermelho ou rosa, para deixar um clima supersensual no ambiente.

INCENSOS AFRODISÍACOS

Os de cravo, dama-da-noite ou YLAN-YLANG atiçam a energia sexual. De quebra, você garante um cheiro gostoso em casa.

PÉTALAS DE ROSAS VERMELHAS

Jogue-as em cima da cama. existem petalas artificiais vendidas em sex shop - pode até sair de graça. O resultado é ao mesmo tempo sensual e romântico.

SINAIS ERÓTICOS

Deixe que ele perceba suas 'más intenções'. Pegue uma calcinha ou camisinha, embrulhe num papel de presente e entregue no café-da-manhã.

ESCRAVO E ESCRAVA

Brinquem de faça-tudo-que-seu-mestre-mandar: um de cada vez deve obedecer todos os desejos do outro.


Não cometa estes pecados:


EXAGERAR NA INTIMIDADE
Nunca deixe seu marido ou namorado  presenciar seus momentos íntimos: usar o banheiro, cortar as unhas...

CHAMÁ-LO POR APELIDOS

São carinhosos, mas destroem o tesão. Pai, mãe, minha velha, meu velho, filho e filha são verdadeiros banhos de água fria!

ABANDONAR A VAIDADE
Se seu marido ou namorado  encontra você mal-arrumada sempre que volta para casa, o desejo fatalmente diminui. Olhe-se no espelho e pense: 'Você se arrumaria assim para se encontrar com um amante"?




Beijoos!

quarta-feira, 11 de maio de 2011

ANEL PENIANO VIBRATÓRIO

O anel peniano vibratório é uma das grandes sensações do momento, um anel pequeno que aumenta 5 vezes o seu tamanho ,devido a elasticidade, ele retarda a ejaculação e excita a sua parceira .


Os benefícios:
- Ajuda a controlar a ejaculação;
- Ajuda a manter a ereção;
- Estimula o clitóris;
- Vibra Excitando ainda mais o casal. Pode ser lavado, bastando apenas retirar a cápsula vibratória.
Nosso produto é confecionado com material de primeira, tome cuidado com produtos inferiores, rasgam fácil e tem baixa durabilidade. Já vai com bateria, pronto para usar e embalado individualmente. Não é descartável! A bateria pode ser trocada abrindo a cápsula ao meio. Certeza de grandes sensações para ele e ela.
Também pode ser usado na masturbação feminina acoplado em prótese peniana. Aumenta seu diâmetro interno em até 5x seu tamanho devido sua alta elasticidade.
(Não usar anel apertado no pênis por mais de 30 min. seguidos)

Como usar :
Coloque no pênis ereto e ligue na sua parte superior o vibrador ao penetrar sua parceira o vibrador vai entrar em contato com o clitóris deixando ela super excitada. Mas o anel não traz beneficio apenas para a sua parceira, na hora que estiver usando deite, relaxe e peça para ela vim por cima ,fazendo sua vagina ir de encontro ao seu pênis é uma delicia.

Lubrificação feminina

Você já deve ter ouvido alguma mulher reclamar que na hora do sexo a lubrificação da sua vagina deixa a desejar, certo? Pois é, este problema é muito comum e as conseqüências muito desagradáveis: dores durante e após uma transa, frustrações e encanações sobre o que pode estar errado.
Geralmente se pensa que só mulheres mais velhas, na fase da menopausa, estão sujeitas a este problema, mas isso não é verdade. É claro que, nesta fase, inegavelmente a lubrificação vaginal é menor, porém não se trata de um problema exclusivo desta idade.
Agora você deve estar se perguntando: quais os motivos que podem levar à falta de lubrificação vaginal?
Pra começar: a lubrificação vaginal nada mais é que a “ereção” feminina, ou seja, é a demonstração de que a mulher está excitada, facilitando e tornando a penetração mais gostosa.
Então deduzimos que o principal motivo da falta de lubrificação é a não-excitação da mulher, e aí sim podemos encontrar vários motivos para este problema: stress, cansaço e outros problemas emocionais que tiram o foco do prazer sexual, baixa taxa de hormônios (uma consulta médica é a melhor solução neste caso) ou a falta das famosas preliminares.
Este último motivo é certamente um dos mais comuns, mas também o mais fácil de se resolver!
Use a sua imaginação!
Abuse das fantasias eróticas: quem não tem nenhuma fantasia sexual? Enfermeira e paciente, patrão e empregada, babá, colegiais, marinheira, militar, gueixa, mágica… imagine sua namorada aparecendo na sua casa vestida como uma policial super sexy, algemando você na cama para revistá-lo todinho, sem você poder desacatar a autoridade? A imaginação vai lhe render momentos de muito tesão e o melhor de tudo é que há fantasias que não acabam mais! Uma para dia da semana…

Quem não gosta de massagens? Ainda mais quando feitas com óleos ou hidratantes com um cheirinho delicioso e ainda por cima comestível!! Há diversas opções de óleos, géis, hidratantes, bolinhas e velas beijáveis, de diversos sabores (morango, chocolate, uva, champagne) que podem apimentar a sua relação. Alguns deles aquecem a pele e outros refrescam, aumentando ainda mais o tesão. Prove e se delicie com os momentos de prazer que eles podem proporcionar!
E se isso tudo não resolver, você pode contar ainda com os lubrificantes, que podem ser utilizados em diversas partes do corpo (vagina, clitóris, pênis, ânus) e facilitam a penetração (tanto vaginal quanto anal) ou podem te dar muito mais prazer na masturbação.
Gostou das dicas? O que você está esperando para experimentar?

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Posição 69 já era...

Todos já conhecemos a posição 69, certo? Onde o casal pratica o sexo oral um no outro simultaneamente.
Agora, o que pouca gente conhece é o 138.
O 138 (ou Daisy Chain) é o sexo oral praticado simultaneamente entre 3 ou mais pessoas.
Por se tratar de um sexo em grupo, ele pode ser realizado de diferentes maneiras: HHH (três homens), HHM (dois homens e uma mulher), MMH (duas mulheres e um homem), MMM (três mulheres) ou no caso de mais pessoas, intercalando um homem e uma mulher.
Essa posição geralmente é praticada por pessoas muito abertas com relação à sexo ou bisexuais, já que no caso de três pessoas, uma delas terá que encarar o mesmo sexo.

Fonte :  http://lesadaeapimentada.blogspot.com/?zx=39d5f3440fbb66e5

O casal e as fantasias

Sexo, a palavra mais procurada nos sites de busca do mundo todo. O tema mais recorrente em qualquer revista feminina ou masculina. Assunto que causa sempre polêmica e curiosidade. “Você faria sexo a três?” “Você faria troca de casais?” “Será que eu confesso minha fantasia sexual?” “Qual é a fantasia sexual mais recorrente?” “Qual é a melhor posição?” ” Qual é o tamanho do pênis que as mulheres mais gostam?” “Como satisfazer um homem na cama?” “O que fazer para dar mais orgasmos à mulher?” As perguntas são inúmeras e têm muitos livros e sites disponíveis e dispostos a responder essas e outras perguntas.
Não cabe a mim responder a todas, mas sim a que mais aflige: “Até aonde podemos ir quanto às questões sexuais sem que prejudique o relacionamento?” Na verdade, essa pergunta responde muitas das questões sobre as fantasias sexuais.
No início da relação, as fantasias sexuais realizadas são as mais comuns: lugares diferentes, motéis diferentes, posições variadas, mas nada muito fora do padrão, afinal não se conhece ainda tão bem o outro a ponto de inovar tanto. Com uma relação em médio prazo, as confissões de fantasias ficam mais livres, já que há intimidade para tanto. Numa relação de longa data, o medo de assustar o outro começa, pois tudo que é padrão ou comum, mas dentro da aceitabilidade, já foi realizado. Para sair da rotina, os casais começam a se interessar por novidades. Ouvem ou lêem histórias de outros casais que fizeram troca de casais (há casas de swing/troca de casais que proporcionam esses encontros em São Paulo e no Rio e em grandes cidades do mundo), que fizeram sexo a três, que participaram de suruba… A curiosidade em passar por essas experiências sexuais gera um conflito interno: “Será que ele (a) aceitará tal fantasia?” “Em qualquer caso, mudará algo na nossa relação?”.

“Sou casado e adoraria transar a três: eu, minha mulher e mais outro homem. Só que quando revelei isso pra ela, quase foi o fim do nosso casamento; ela achou que eu não estava mais gostando dela, o que não era verdade, pelo contrário, eu só contei a ela uma fantasia que eu tenho. O incrível é que passado muito tempo, agora é ela quem fala sobre o assunto quando estamos transando, porém eu fiquei tão frustrado com o que aconteceu que agora só rolaria se ela tomasse a iniciativa. Como não experimentei esse tipo de transa , o que eu acho é que o casal deve está muito afim para que a transa possa ser boa e se despir de todos os preconceitos e tabus que a sociedade hipócrita impõe sobre o assunto.”(Carlos , 40 anos).

“Sou casada, moro numa cidadezinha do interior do Pará, meu marido foi meu primeiro namorado e único homem de minha vida. Ultimamente, estou vivendo um problema, tenho algumas fantasias sexuais que, digamos, estão fora dos padrões “normais” da nossa cidade. O meu marido nasceu e se criou nessa cidadezinha, e eu, ao contrário, saí de lá para estudar na capital, onde conheci, através de conversas com minhas colegas de faculdade, a liberdade sexual que existe na cidade grande. Eu nunca tive coragem de contar ao meu marido as minhas fantasias, por não saber qual seria a reação dele. Já aconteceu por diversas vezes: quando temos relações sexuais, fecho os olhos e fico imaginando que tem alguém na cama transando conosco, e isso até faz com que eu atinja o prazer mais rápido. Será que isso pode ser considerado traição? Será que devo contar ao meu marido as minhas fantasias ou devo passar o resto de minha vida com esses desejos reprimidos dentro de mim?” (Lucila , 22 anos).

“Nunca tive coragem de dizer pra minha namorada que gostaria de vê-la transando com outro. Eu também gostaria que ela me visse transando com outra.
Acho que não tem nada demais, é só pra apimentar a relação, pra manter o relacionamento quente. É mais um fetiche como vários outros.” (Daniel , 31 anos).

Para resolver a dúvida sobre se o parceiro  aceitará ou não a sua fantasia sexual dependerá apenas de uma conversa franca e bem colocada. Evitando más interpretações, você deve explicar muito bem que você ainda o (a) ama e que tem desejo de realizar tal fantasia. Pergunte como ele (a) se sente em relação a isso e pergunte se ele (a) tem alguma fantasia que ainda não revelou. Se a resposta for negativa, não adianta insistir. A insistência só originará conflito na relação.
Caso a resposta seja positiva, juntos vocês devem avaliar como cada um se sentirá realizando tal fantasia. Se a sensação for negativa, ainda que um pouco, melhor é não realizá-la. Ambos devem lembrar que o fundamental é a preservação do relacionamento sadio e não somente a satisfação de prazeres, por vezes passageiros, sexuais.

Se vocês acreditam que a relação está um pouco fria, sem entusiasmo na cama, experimentar uma fantasia que incomode um dos dois ou ambos não é a solução. Não estando a relação muito bem, a realização de tal fantasia só pode piorar as coisas.
Cada casal deve ter um diálogo sempre aberto para confissões de fantasias, mas, assim como dissemos em outro texto “O limite da sinceridade”, só devem ser reveladas aquelas que você já avaliou as conseqüências da sua realização e constatou que não gerará nenhum problema. Feita essa verificação por você, poderá questionar o outro . Daí, a decisão passará a ele , pois ele deve também avaliar e chegar à mesma conclusão.
Não temos a resposta se uma fantasia pode sempre destruir a relação, já que as variáveis são as pessoas que compõem o relacionamento. Dependerá muito da avaliação de quão importante é o sexo para vocês e como vocês se sentem em relação à fantasia que se pretende realizar.
Há informação de que  casais que fizeram sexo a três, por exemplo, e nada mudou na relação; entretanto, há outro exemplo oposto. Os dois ficaram tão desconfortáveis um com o outro que o namoro terminou.
Cabe a vocês dois decidirem o que fazer.

Nenhuma pessoa tem a resposta senão vocês mesmos.

E ai, você tem alguma fantasia? 

sexta-feira, 6 de maio de 2011

CAMISINHA JÁ !

Acessório indispensável quando o assunto é relação sexual, a camisinha continua sendo um método contraceptivo seguro, fácil de se comprar e que protege homens e mulheres da contaminação por doenças sexualmente transmissíveis. Componente importante na prática do sexo seguro, usar camisinha traz muito mais vantagens que o preconceito e os “incomodos” que ela possa provocar.
Se todas estas afirmações são verdadeiras e de conhecimento geral, porque ainda a camisinha é estigmatizada por quebrar o clima na “hora H”?  Porque ainda ouvimos que transar com preservativo é como chupar bala com papel?
Se analizamos apenas essa frase, percebemos existente dois probleminhas: perder o tesão na hora de colocar a camisinha e perder o prazer do contato “na pele”.
Como para todos os problemas existem várias soluções, ainda mais se falando de sexo! Seguem algumas dicas que poderão ajudar parceiros a apimentar este momento tendo muito prazer com total segurança:
- Este é um momento único de entrega, de envolvimento e de sensações prazerosas. Curta este momento juntos!
Colocando a camisinha: crie um momento de descontração!

- O parceiro pode colaborar antecipadamente, ajudando a não esfriar o tesão do momento, se antecipando em deixar ao alcançe as camisinhas que vai usar. Uma dica simples é deixar as embalagens um pouco abertas, para que possam ser rapidamente usadas sem precisar da ajuda dela para rasgar ou encontrar o picote da embalagem;
- A parceira pode e deve participar ativamente deste momento de forma sexy e tomando conta da situação. Use e abuse da fantasia que a maioria dos homens tem: a mulher fatal. Acaricie-o, olhe-o com desejo, sinta sua respiração, seu calor. Com a sua participação ele se sentirá seguro e você conseguirá quebrar o nervosismo e a ansiedade dele;
- Antes da “hora H” aproveite e faça brincadeiras sensuais. Use e abuse da imaginação, realize suas fantasias e aproveite a grande variedade de produtos que podem ser utilizados na brincadeira: géis, cremes, óleos de massagem, algemas, lenços, dados, cartas…
- E para os rapazes que não gostam da camisinha por estar “chupando bala com papel” já existe no Brasil : uma camisinha mais fina,  sem látex (legal para quem tem alergia ou não quer o gosto horrível na boca!.
mude de opinião!
Enfim, usar a camisinha pode ser um sonho sensual ou um pesadelo “derrubador”. Tudo depende da maneira como os parceiros encararem a situação.
O importante sempre é se adaptar à camisinha e usar sempre. Prazer total e segurança na hora do sexo é fundamental!

O que é Atração sexual?

Discute-se muito sobre o que faz ativar a atração sexual.
Libido,Tesão, Química... embora  tenha muitos nomes, a Atração Sexual é algo inexplicável para quem sente; já cientistas sociais, psicólogos, antropólogos e pesquisadores, buscam há anos , descobrir o que faz despertar este instinto nas pessoas.
Independe da vontade, padrões de conduta, nível social e econômico, quando é ativado, a primeira vontade é ir para a cama com o objeto do seu desejo.
Vamos ver o que as 3 principais correntes explicam como isso acontece.
Os Neurocientistas dizem que em apenas 150 milionésimos de segundos é disparado o gatilho da atração.
Começando no hipotálamo, área responsável pela emoção e que também pela produção de hormônios para as glândulas sexuais, quando recebem o start do cérebro, começam a produzir estrogênio, progesterona e testosterona.
Em segundos aflora o desejo de fazer sexo com com a pessoa que provocou a reação.
Veja que tudo acontece na área das emoções, hipotálamo e não no neo córtex, que é a parte do cérebro responsável pela cognição, isto é , pela avaliação, julgamento, razão.
Daí a pessoa impactada, não saber a razão da atração.
Antropólogos, que vêem o Homem como; animal primata adulto macho e a Mulher como, animal adulto primata fêmea, as razões são um pouco diferentes.
Para eles Homens são atraídos por Mulheres Jovens- Saúde para gerar muitos filhos-, quadris largos – facilidade de parto, tudo na procura de genes para gerar uma prole saudável e numerosa.
Já as Mulheres, diferente de tempos atrás quando a força bruta era importante para ser o provedor de sua prole; sua Teoria Evolucionista afirma que, atualmente as Mulheres são mais estimuladas sexualmente pela Inteligência que significa poder e capacidade ; pois um Homem Inteligente, nos tempos atuais, é muito mais capaz de dar proteção à prole do que um Homem Forte.
O que explica a frase :“ Quem gosta de barriga tanquinho e Homem sarado é bicha; Mulher gosta de Inteligência. “
Por último os Cientistas Sociais.
 Eles  afirmam que o Homem, desde o tempo das cavernas, é estimulado  pela anatomia; já a Mulher, usa de critérios mais subjetivos, pois não é tão escrava do instinto como os Homens.
O sorriso, o jeito de falar, olhar são importantes para despertar a sua libido.
Amiga, cá entre nós; as três estão certas e, a resposta correta é uma combinação entre elas.